• Guilherme Pin

3 dicas para tornar sua empresa mais sustentável


Foto: Sebrae

O mundo corporativo tem fama por não adotar tantas estratégias sustentáveis. Muito pelo fato de economias e facilidades de trabalho. No entanto, o mundo corporativo também se adapta às novas causas, e pode ser o momento de também mudar estratégias.


Ainda mais em tempos que a preocupação com o planeta cresce a cada minuto. Por isso, é fundamental que empresas contribuam com ações sustentáveis. Assim, é mais fácil de manter a credibilidade dos clientes. Além de também ajudar o planeta da melhor forma possível.


O primeiro passo para essa mudança é o mais essencial: diminuir os recursos naturais. A partir dele, fica mais fácil também diminuir a geração de resíduos e emissão de poluentes. E sua empresa passa, então, a evitar desperdícios, utilizar menos recursos e ainda produzir mais.


Para realizar isso, é necessário bastante investimento e trabalho. E então, é se preparar para inserir práticas sustentáveis em sua forma de trabalho.


1) Sacolas plásticas

Dependendo do seu negócio, é provável que precise utilizar sacolas plásticas. Se é o caso, passe a perguntar sempre ao cliente se ele vai precisar das sacolas. Pode parecer simples, mas ela ajuda a diminuir o uso desnecessário da mesma. Ainda pelo fato das sacolas plásticas não serem descartadas corretamente.


Caso o consumo não diminua, há a opção de utilizar sacolas retornáveis. Que servem também como uma maneiras de diminuir os custos com embalagens.


2) Impressoras

A principal dica é a de configurá-las para impressões frente e verso. Dessa maneira, você consegue diminuir o consumo de papel e, consequentemente, economiza nos gastos.


3) Separação do lixo

Ainda que seja uma prática até antiga para sustentabilidade, é uma atividade importante. Até porque possibilita a reciclagem e evita a degradação do meio ambiente, principalmente pela economia de matéria-prima.


Ajuda também no fortalecimento da economia de cooperativas de reciclagem e melhorar a vida dos catadores. Além de servir como incentivo para outras empresas e também para os próprios funcionários.


FONTE

4 visualizações
0